Gatil

Atividades 2014-2015

Objetivos do Projeto Pedagógico

  • Educar para a cidadania e o respeito por todos os seres vivos, formando, através deste projeto, melhores alunos e cidadãos;
  • Motivar os alunos para o problema cívico e sanitário que constitui o abandono dos animais;
  • Dar um contributo à cidade, colaborando com os Serviços Municipais na recolha destes animais errantes que deambulam por entre diversos edifícios abandonados da cidade.
  • Responsabilizar e integrar os alunos num projeto contínuo da comunidade escolar;
  • Criar na Escola um espaço de convívio saudável entre alunos e animais, onde estes podem relaxar e socializar, recorrendo a ele como um escape para o stress da sua vida diária;
  • Incutir nos mais novos, valores incontornáveis para a sua formação cívica e pessoal como o respeito pelos animais, pelo seu habitat e pela vida e Natureza em geral;
  • Criar nos alunos a responsabilidade inerente ao convívio com um animal, despertando-lhes a atenção para as suas necessidades e cuidados de higiene a ter no contacto com animais.
  • Atribuir ao aluno um papel de cuidador ativo no tratamento, alimentação e necessidades de um outro ser, que depende inteiramente dele para uma existência saudável;
  • Despertar nos alunos que já possuem um animal nas suas casas uma consciência para os problemas de saúde mais frequentes no animal e para a importância deste ser devidamente acompanhado por um veterinário na prevenção de doenças que podem afetar ambos;
  • Proporcionar aos alunos um contacto mais direto com os gatos, sobretudo aqueles que não podem ter em casa, podendo aqui apadrinhá-los e cuidar deles;

Funcionamento do Gatil

O Gatil Simãozinho consiste num espaço coberto e uma área aberta. O espaço coberto envolve a Casa abrigo, onde se encontra a zona de dormitórios composta por várias estantes cobertas de camas e aconchegos onde os animais se deitam, a zona de sanitários destinada à higiene dos animais e alguns armários que servem como armazém de comida e medicamentos. Quanto à área aberta, esta trata-se de um espaço ao ar livre preenchido com as mais variadas casinhas, arranhadores e brinquedos destinados aos animais. A passagem dos animais de um espaço para o outro pode efectuar-se quer pela porta da casa, quer por uma janela, estando toda a área do Gatil delimitada por uma rede de arame.

Recolha de animais – A recolha dos animais presentes no Gatil foi efetuada na zona da antiga Escola da Veiga e em outros pontos da cidade de Guimarães onde existiam colónias.

Tratamento veterinário – Antes da sua entrada no espaço físico do Gatil todos os animais passaram por uma consulta veterinária para verificar a sua condição de saúde e viabilidade de os incluir num espaço onde estarão em contacto com crianças, dando-se especial atenção à avaliação do seu comportamento e carácter. Procede-se à laqueação das fêmeas e castração dos machos, bem como à sua desparasitação interna e externa.

Funcionamento - O funcionamento diário do Gatil compreende diversas atividades nas quais todos podem colaborar. Estas consistem na limpeza e desinfeção do Gatil, permitindo que este seja um espaço sempre limpo e com as condições de higiene necessárias à sua condição de espaço de convívio de alunos, na alimentação dos cerca de 30 animais que habitam o espaço nos sítios para esta destinados e na administração de medicação aos animais que dela necessitem.

Atividades no Gatil – As atividades com os alunos incluem a interação com os animais e o seu tratamento. Os alunos deslocam-se ao Gatil sempre em grupo e acompanhados por um adulto e lá podem contribuir para o seu tratamento, ajudando na alimentação e medicação ou apenas brincar com os animais. O apadrinhamento de animais pode fazer-se por turma ou a título individual, apostando-se mais na primeira opção, uma vez que o número de animais é limitado. A adoção de animais é também possível, havendo já 4 casos de adoção por entre os alunos e professores da Escola.

link Links relacionados:

Gatil

© Agrupamento de Escolas Santos Simões - 2018